A Iluminação e a qualidade de vida de seus olhos

Pesquisas revelam que trabalhamos no computador uma média de 5,7 horas por dia e olhar para a tela por todo esse tempo provoca fadiga visual. Esta é responsável por boa parte da improdutividade e do cansaço no trabalho, por isso, iluminação ideal para escritório é aquela que atende com qualidade às nossas necessidades visuais.

A seguir, indicamos alguns pontos que devem ser levados em consideração na hora de escolher a iluminação certa.

 

1. Tipos de lâmpadas

Existem três tipos básicos de lâmpadas: incandescente, fluorescente e LED. Tanto as fluorescentes quanto as de LED são brancas e mais econômicas. Porém as lâmpadas incandescentes e de LED são mais modernas e duram mais.

É importante ressaltar que potência não indica luminosidade. É importante procurar pela medida em lúmens, que é o fluxo emitido, ou pela medida em lux, que é a luz que chega ao local.

Geralmente, lâmpadas incandescentes têm uma iluminação de 12 lúmens por watt, enquanto as de LED possuem uma média de 80 lúmens por watt. Assim, se uma lâmpada de LED tem 12W, ela equivale a uma incandescente de 100W.

O guia “American National Standard Practice for Office Lighting" recomenda o nível de iluminação de escritório em 500 Lux - este é calculado de acordo com as dimensões do espaço e com a quantidade de lúmens.

 

2. Pontos de iluminação e ângulo

Para o teto, disponha as luminárias em uma distância igual para garantir que a luz seja bem distribuída. O ângulo de todas as luzes deve ser superior a 30º acima do olhar, para não causar ofuscamento.

O olho nunca deve ficar contra a luz ou na mesma direção. Outro fator que causa o cansaço da visão é uma iluminação com frequência variável ― que pisca, por exemplo.

 

3. Aproveite a luz natural

Nada melhor do que aproveitar a própria luz do sol para economizar energia e garantir um ambiente natural. Se o escritório tiver janelas, disponha a mesa em um local que seja iluminado e não ofusque a vista.

Diversos estudos de universidades norte-americanas, como Northwestern e Illinois, já provaram que pessoas com maior contato com a luz do dia tendem a ter melhor produtividade.

 

4. Tipos de luminárias

Para definir as luminárias, pense qual é o tipo de luz ideal para o seu trabalho: difusa ou dirigida. A difusa tende a iluminar o ambiente como um todo, de forma igual. A dirigida, por sua vez, é focada em apenas um local, com um fluxo geralmente mais forte.

Ainda é possível optar por luminárias e lâmpadas para ambas as situações e alterná-las durante o trabalho, conforme a necessidade.

Ao escolher um abajur ou luminária de mesa é importante considerar o espaço e a localização – deve-se atentar se a luminária provoca reflexos em seu monitor e se ilumina completamente o espaço de trabalho.

 

A BenQ oferece uma luminária exclusiva, a Screenbar e-Reading que possui as seguintes características:

 Design assimétrico que ilumina apenas a mesa, evitando reflexos na tela do monitor.

design assimetrico

  • Design inovador, encaixa em qualquer monitor.

 design inovador

  • Alimentação USB – sem necessidade de tomadas ou fios extras sob a mesa.

 alimentacao usb

  • Iluminação de 500 Lux que garante que você veja confortavelmente tudo o que está na frente de seu monitor.

iluminacao

  • Ajuste automático - sensor que detecta a iluminação ambiente e ajusta com a intensidade correta.

 ajuste automatico

  • Temperatura de cor ajustável, para melhorar o conforto dos olhos (Oito níveis de cores que atendem o padrão de cromaticidade de iluminação LED do American National Standards Institute - ANSI).

 temperatura de cor

Publicações relacionadas