Recentemente, foi visto um número maior de monitores convencionais em comparação com a média de monitores profissionais vendidos. Isso pode ser devido à disponibilidade limitada de monitores para profissionais e os baixos custos atrativos das versões convencionais.

Não significa, necessariamente, que foi uma boa compra, quando o custo inicial é baixo, pois é preciso considerar quais tarefas específicas serão exigidas do monitor e como ele será usado. Muitas vezes é necessário investir mais do que o planejado inicialmente para atender suas necessidades profissionais e para evitar desgastes por uso indevido.

O que um monitor profissional me oferece a mais que um convencional?

  • Uma garantia mais precisa

Ambos os tipos de monitores têm garantias. No entanto, os monitores convencionais têm uma garantia média de 1 ano por peça e mão-de-obra a partir da data de compra. É possível perder a garantia se o monitor for usado para fins comerciais que exigem mais desempenho do que ele realmente foi projetado para oferecer.

Portanto, é aconselhável usar um monitor profissional que tenha uma garantia de 2 a 3 anos em relação à data de compra e que atenda aos requisitos do trabalho diário. Além disso, tem um design que lhe permite ter uma vida útil competitiva. Ou seja, você deve escolher um monitor que se adapte às necessidades de seu trabalho, pois a garantia pode ser cancelada se o mesmo for utilizado para finalidades extras aos recursos de fábrica pré determinados.

  • Mais horas de uso

Um monitor profissional é projetado para oferecer 100.000 horas de uso operacional contínuo 24x7, 365 dias por ano. Além disso, tem um intervalo de temperatura mais amplo que evita o superaquecimento que geralmente ocasiona problemas a longo prazo.

Por outro lado, um monitor convencional é projetado para poder trabalhar apenas de 6 a 8 horas por dia. Seu design é meramente estético e geralmente, com um espaço pequeno e pouca ventilação, aumentam a temperatura dos componentes eletrônicos da tela que, a longo prazo, reduzirá o nível operacional e a vida útil do dispositivo.

É importante ter em conta: 

Não se esqueça de que um baixo custo nas telas pode significar, na maioria dos casos, sacrificar desempenho, qualidade e confiabilidade a longo prazo, sem mencionar despesas extras com reparos em um período de 1 a 3 anos de uso, que podem acabar custando caro.

É importante notar que os monitores convencionais são bons para o que eles foram projetados. O problema está quando você tenta usá-los para fins profissionais, porque os resultados e o desempenho não serão os mesmos. 

O monitor profissional será menos caro depois de 3 a 6 anos mais ou menos, em comparação com um convencional com um preço inicial mais baixo, tendo apenas 1% de taxa de reparo por uso.

Experimente o nível de desempenho dos monitores BenQ disponíveis para você, projetados para atender às demandas do seu trabalho.

 

 
Publicações relacionadas